Este programa deve ser acompanhado por um psicólogo, cabe-lhe o papel de mediador e de motivador da acção da criança e adolescente durante o tempo que decorre. O programa de treino parental terá de:

1. Acção estruturada

2. Programa composto por dez passos / momentos

3. O papel de terapeuta é essencial: orientador, mediador, moderador

PRIMEIRO PASSO – Orientação do programa e revisão da PHDA:

– Resumo do estado actual da criança com PHDA e tipologia das reacções familiares face aos problemas actuais da criança.

– O terapeuta dá o racional programa de Treino Parental.

– Discussão sobre a perturbação (sintomas, critérios de diagnóstico, prevalência, características associadas…).

– É dada a oportunidade dos pais colocarem dúvidas.

SEGUNDO PASSO – Compreensão das relações pais – crianças e princípios de regulação do comportamento disruptivo. Factores fundamentais que contribuem para a manutenção dos comportamentos problema:

– Características da criança

– Características dos pais

– Impacto do comportamento da criança

– Consequências situacionais

TERCEIRO PASSO – Familiarizar os pais com técnicos de modificação de comportamentos:

– Reforço social / verbal

– Tempo especial / Deixar a criança escolher a actividade

– Tipologia de ordens /regras: curtas, claras, concisas e terminar pela chave (repetição)

– Ignorar as respostas inapropriadas

– Incrementar a sua atenção para os erros pró sociais da criança

QUARTO PASSO – Pais são induzidos a prestarem atenção positiva a brincadeiras independentes e apropriadas das crianças:

– Adopção das técnicas dadas na fase anterior.

– Treino dos pais para darem ordens efectivas / aumentar os imperativos. Os pais necessitam que lhes aconselhem estilos educacionais a adoptar, como por exemplo: dar elogios, dar-lhes a oportunidade de fazer as suas próprias escolhas.

– São encorajados a prestar atenção mais activa aos aspectos mais positivos da criança, como por exemplo: às brincadeiras independentes apropriadas e à obediência.

QUINTO PASSO – Estabelecimento de um sistema de créditos (HOME TOKEN SYSTEM). Os pais elaboram duas listas:

– Uma dos reforços diários semanais a longo prazo

– Outra com trabalhos /responsabilidades

SEXTO PASSO – Utilização do outro da resposta e TIME-OUT:

– Passa-se a deduzir fichas / pontos sempre que ocorram comportamentos de desobediência. O número de pontos deduzido deverá ser o mesmo a atribuir em caso de cumprimento.

– O terapeuta introduz o TIME-OUT.

SÉTIMO PASSO – Alargamento do TIME-OUT para outros comportamentos perturbados.

OITAVO PASSO – Lidar com o comportamento da criança em lugares públicos:

– O objectivo é generalizar as estratégias aprendidas a outros contextos e a situações exteriores problemáticos.

– È importante que os pais façam uma antecipação dos comportamentos problema que possam vir a surgir, para que durante a consulta se possa estudar melhor a forma de se lidar com as mesmas.

NONO PASSO – Previsão de futuros problemas de comportamento:

– Revê-se a aplicação das estratégias já aprendidas e consoante as necessidades são feitas sugestões que promovam um aumento da eficácia das estratégias

– FEEDBACK do treino parental

DÉCIMO PASSO – BUSTER SESSION

Texto extraído de apresentação em power point da psicóloga clínica Tatiana Fernandes Pereira, relativo ao workshop intitulado “Hiperactividade e Défice de Atenção” da JANELA REDONDA.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s