Sabe-se actualmente que, este distúrbio comportamental tem uma causa genética, existindo uma predisposição para o seu desenvolvimento em irmãos e filhos de indivíduos com THDA.

Esta patologia afecta mais crianças do sexo masculino, verificando-se uma diferença menor na prevalência entre sexos durante a adolescência, altura durante a qual o diagnóstico se mantém em cerca de 70% dos casos. São conhecidas mutações em alguns genes que determinam a diminuição dos níveis de alguns neurotransmissores, existem vários estudos que indicam que o desenvolvimento desta patologia surge do período pré-natal: baixo peso à nascença / prematuridade do bebé e do consumo de drogas / álcool da mãe.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s