Importa despertar que os problemas associados estes representam um desafio acrescido para os pais e/ ou encarregados de educação.

Os familiares destas crianças e adolescentes terão de se consciencializar que isto afecta, de forma significativa, toda a vida do indivíduo, em adulto pode interferir quer no seu desempenho laboral quer nas suas relações afectivas.

Daí que o principal objectivo é compreender que os problemas disciplinares não são provocados conscientemente pois as crianças com THDA desenvolvem transtornos comportamentais.

Esta desordem crónica acarretará sofrimento emocional nos familiares desses indivíduos: crianças, adolescentes ou adultos, independentemente da sensibilidade das pessoas mais próximas com quem se relacionam.

A intervenção no ambiente familiar e social exerce uma influência determinante no prognóstico destas crianças através de orientações e sugestões específicas para adopção de atitudes positivas e concretização de actuações correctas que favoreçam as integrações e facilitem a convivência familiar.

Os especialistas indicam que as famílias consistentes e equilibrada assim como o ajustamento social e emocional das crianças são factores que prognosticam uma melhor evolução.

Consequentemente o modo mais eficaz de prestar ajuda ás crianças hiperactivas passa por melhorar o clima familiar e as competências dos pais para controlar os comportamentos desadequados e por eliminar as interacções negativas com as crianças e, desta forma evitar as experiências de fracasso e de mau relacionamento familiar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s